Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Vidas reais

Aqui há dias senti-me um verdadeiro Artur Albarran nos seus melhores momentos...
Quando fui buscar a pequena à pré eis que ela me surge com passos pequeninos e olhos virados para o chão. Estranhando, olhei para a auxiliar que me sussurrou que ela tinha tido uma cara feia ao almoço (é um jogo em que conforme o comportamento deles à mesa ganham umas caras que colocam num cartaz. Umas alegres, outras tristes, outras assim assim). As primeiras palavras dela para mim foram:
- Mas eu comi a sopa tão bem, tão bem, tão bem...
Assim com a voz a sumir-se no final! E então: o drama, o horror, a injustiça, o espírito Albarran a encarnar em mim...
- Então se comeste a sopa porque é que levaste uma cara feia?
- Porque me levantei da mesa.
- Ah, levant..
- Mas foi só um bocadinho. E eu comi a sopa toda - interrompeu-me ela.
Na subtil conversa com a auxiliar ela lá me explicou que ela até nem merecia a cara feia, mas como os outros também disseram que ela se tinha levantado... teve que ser.
Mas foi um problema: foi a primeira vez desde que entrou para a pré que teve uma cara feia e durante todo o fim de semana disse-o a quem encontrava, à procura de compreensão.
Ontem quando  fui buscar a primeira coisa que me disse, com um grande sorriso foi:
- Hoje ganhei uma cara linda, papá!

É tão bonito o mundo simples das crianças!
Contado por Pai Babado às 13:52
post link | Conta coisas | favorito
16 comentários:
De Ena Rot a 3 de Dezembro de 2007 às 15:29
Um prémio em:
http://enarot.blogs.sapo.pt/

Abraço
De Ena Rot a 3 de Dezembro de 2007 às 15:35
Parabéns pelos destaques no Sapo!

Coincidência, há também um prémio para o "ESTÓRIAS" em:
http://enarot.blogs.sapo.pt/

Abraço
De Lena a 4 de Dezembro de 2007 às 08:58
Dá gosto ler estas estórias. Um pai que tem tempo para educar e dar o seu testemunho. É uma tarefa difícil criar os filhos e, atenção, quanto mais eles crescem mais delicado é.
Faz bem em não resistir a essas pequenas "manhas" dos pequenos. Eles sabem muito bem como "levar" os adultos.
Não há dúvidas que precisam de regras, não adianta mostrar-lhe uma vida só de facilidades.
A mesa é um local muito bom para eles aprenderem uma quantidade delas.
Os meus conselhos são de mãe e educadora.
Boa continuação da tarefa de educar os filhos.
M.H.

Comentar post

.Mais sobre mim

."Estórias" da História

. Já?!?!?!?!

. Exercício

. Invenções by Pedro (II)

. Invenções by Pedro

. Indiana Jon...er...Pedro

. Adoro...

. Dão-me a volta com uma pi...

. Para o que interessa...

. Ecologias

. Hoje... todos juntos

.Contos Antigos

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds