Lilypie
Lilypie Fifth Birthday tickers
Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007

Adulto só complica!

Hoje aqui em casa ocorreu mais uma lição daquelas giras.
E digo gira porque, ao contrário do que é suposto, foi a pequena que me ensinou a mim e não o contrário.
Nós adultos temos uma tendência fabulosa para "ligar os complicadores".
Parece que nos está no sangue e até desconfio que deve ser marca indelével da condição de ser humano adulto.
Vem isto a propósito de esta manhã ter estado (mais uma vez) a fazer sala com a pequena enquanto ela via o Dumbo .
À medida que se aproximava o momento crítico comecei a ficar inquieto. Mas pensei que talvez hoje ela relevasse. Pois sim... lá veio a pergunta sacramental.
Contextualizando: o Dumbo descobre que consegue voar depois de apanhar um pifo monumental na companhia do seu amigo rato. A piela é de tal forma valente que eles acabam em cima de uma árvore o que, estou certo, é coisa para causar inveja a muito estudante em semana de Queima das Fitas...
Depois com a ajuda do rato e de um bando de corvos ele lá acaba por voar.
O problema está na forma como ele se enfrasca: o elefantinho emborracha-se porque bebe água de uma tina onde tinha caído uma garrafa de espumante.
Ora aqui é que está o busílis da questão, pois sempre que chegava a parte da água a pequena perguntava-me o que é que a água tinha.
E eu começava a patinar, hesitava, não lhe podia dizer que a água lhe fazia mal ou não prestava, porque com a incorporação de personagens animadas que ela faz, esse era um caminho que eu não queria seguir (corria o risco de ela se recusar a beber água alegando que era o Dumbo).
Hoje quando eu estava outra vez à rasca ela diz-me:
- A água tá suja não é, papá?
E eu fiquei ali, boquiaberto com a simplicidade da explicação que servia perfeitamente às duas partes.
E dou por mim a pensar onde é que foi exactamente que perdi esta capacidade de ver as coisas de uma forma tão simples e inocente.
No entanto não posso deixar de referir a grande alegria que sinto por poder voltar a ver as coisas desta forma, ainda que com a ajuda de um pequeno ser de dois anos e meio.
Contado por Pai Babado às 21:44
post link | Conta coisas | favorito
|
1 comentário:
De pipokka a 25 de Janeiro de 2007 às 16:36
é que somos mesmo complicados!
Eu acho que é a inocência deles que lhes permite serem simplistas :)

Jokas

Comentar post

.Mais sobre mim

.Música de Pai

."Estórias" da História

. Já?!?!?!?!

. Exercício

. Invenções by Pedro (II)

. Invenções by Pedro

. Indiana Jon...er...Pedro

. Adoro...

. Dão-me a volta com uma pi...

. Para o que interessa...

. Ecologias

. Hoje... todos juntos

.Contos Antigos

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

C.N.Escutas
Caleidoscópio
Derivas
blogs SAPO

.subscrever feeds