Lilypie
Lilypie Fifth Birthday tickers
Sábado, 28 de Abril de 2007

Já eras

Por um destes dias ocorreu mais uma daquelas histórias que se constituem como um marco na vida de um homem. Histórias que parecem pequenos nadas mas que bem vistas as coisas querem dizer muito...
Os pequenos tinham ficado com os meus pais. Algumas horas depois telefonei (como é suposto fazer qualquer pai) para saber como é que eles estavam. E, claro, a resposta foi a habitual: "Estão bem, então porque é que não haveriam de estar, etc., etc." Isto foi o que eu ouvi.
O que eu não ouvi (mas a minha mãe me contou depois) foi o seguinte:
- Quem era vovó?
- Era o teu pai. É mesmo um pai-galinha !
E foi aí que a pequena se abespinhou, franziu as sobrancelhas e disse com cara de má, pronta a fulminar quem a contrariasse:
- Não é pai-galinha , é pai!
 
E pronto é isto! Quando têm que ser os filhos a defender-nos diante de terceiros na nossa ausência, ficamos com a certeza que já passámos o momento mais alto das nossas vidas e que daqui em diante isto é sempre a descer.
Será que o Sr. Eng. José Sócrates é sensível a este argumento para me dar a reforma antecipada por inteiro?
Contado por Pai Babado às 01:45
post link | Conta coisas | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

Sucesso garantido

- Onde foste papá?
- Fui pagar a gasolina que pus no carro.
- Não quero que vás pagar a gasolina!
- Mas se eu não pagar a gasolina vou preso e depois não posso brincar contigo.
- És preso com uma rede?
- Er... humm...sim, fico preso com uma rede.
- Mas eu vou salvar-te!!

Srs. produtores televisivos onde está o contrato para a próxima série de sucesso da tv, Prison Break Bebé?
Contado por Pai Babado às 13:44
post link | Conta coisas | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

Outra vantagem

Nestes últimos tempos pude confirmar outra vantagem decorrente do facto de termos decidido ter um segundo filho. Para mim é uma enorme vantagem embora tenha algumas particularidades e só possa ser confirmada por inteiro daqui a uns anos...
Mas a coisa é fácil de explicar: sou fá de BD, desde muito novo. Adorava (e continuo a adorar) ler os livros do Astérix e do Lucky Luke, entre outros dos quais se destacam os inevitáveis "Patinhas". Passava horas e horas a devorar aquilo. Quando o meu pai chegava a casa e me trazia um livro novo (de vez em quando que o dinheiro era preciso para outras coisas) o mundo parava! E só voltava a girar no final do livro. Anos mais tarde converti-me ao Universo Marvel e fiquei fã do Homem-Aranha, X-Men, Quarteto Fantástico, Demolidor, Hulk, Thor, etc., de tal forma que agora sempre que estreia um filme desses tento não o perder (já ando a salivar pelo SpiderMan 3).
Mas, tenho que reconhecer ( e espero não estar a dizer nenhuma barbaridade), estes livros bem como os do Astérix e Lucky Luke são dirigidos a um público mais masculino, o que com a Mariana me trazia um problema: como é que eu poderia convencer a minha mulher que aquilo era um bom investimento para a miúda?
Este problema assumiu contornos catastróficos quando me apercebi que a colecção da "Anita" que a minha mulher começou a comprar para a pequena me fazia suores frios e arrepios na espinha...
Felizmente a nova gravidez revelou um "pilas" e desde aí já cá mora em casa uma colecção completa do Michel Vaillant, do Joe Bar Team e desse ícone que é o Corto Maltese!

E asseguro que estes livros são todos e "só para eles".
No entanto há uma frase a martelar-me o espírito de cada vez que compro um novo exemplar: "A diferença entre os homens e as crianças é só o preço dos seus brinquedos".
Contado por Pai Babado às 11:51
post link | Conta coisas | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Páscoa 2007

Estas últimas duas semanas têm sido de um ritmo absolutamente demente em termos laborais. Algumas colegas do serviço gozaram (merecidas) férias, enquanto que outras (ironia das ironias) adoeceram e tiveram necessidade de ficar internadas... no mesmo local onde trabalham!!
Como está bom de ver daqui resultou um horário de trabalho sobrecarregadíssimo para os que restavam, onde eu me incluo. Também está bom de ver que o cansaço e stress acumulados contribuíram para momentos menos felizes lá em casa mas que, felizmente, já estão ultrapassados graças a diálogo e compreensão.

Esta Páscoa de 2007 foi então toda passada a trabalhar (6ª, sábado e domingo). O momento que acabou por salvar a quadra foi da responsabilidade da sra. minha esposa (honra lhe seja feita): decidiu levar a pequena a fazer uma "Caçada aos ovos da Páscoa"!

O nome desta iniciativa vem do filme "A Primavera com o Roo".

Quando dissemos à pequena que íamos fazer uma caçada aos ovos da Páscoa ela perguntou: "Com o Tig(r)e?"

A mamã arranjou-lhe um cesto todo catita e depois do trabalho lá fomos esconder os ovos no quintal da avó. A pequena partiu depois em busca do seu tesouro e, confesso, foi o melhor momento destas duas semanas vê-la toda contente aos gritos de "Ali! Ali!" enquanto via ovos nas couves, escondidos nas ervas ou atrás das árvores.


Para o ano o manito também já vai entrar na brincadeira...
Contado por Pai Babado às 17:42
post link | Conta coisas | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Abril de 2007

Dormidas fora

Aqui há dias a pequena embirrou e disse que queria ir dormir a casa da avó mais o padrinho, isto já depois de lá ter passado o dia inteiro. Aquilo foi uma surpresa porque as únicas vezes que ela dormiu fora de casa aconteceram na altura do nascimento do irmão enquanto a mãe ficou na maternidade e eu tive que trabalhar no turno da noite.
Mas naquela noite ela estava decidida e foi mesmo. Para nós acabou por ser uma notícia boa não só pela possibilidade de maior descanso mas, sobretudo, pelo sinal de "crescimento" que ela nos dava. Nós nunca a forçámos a ir passar noites a casa das avós (apesar das tentativas anteriores engendradas por elas) porque entendemos que teria que ser um passo dado pela pequena de forma autónoma e consciente.
A noite correu bem e ela lá ficou no dia seguinte.
Entretanto fui trabalhar. Algum tempo depois recebo uma mensagem da minha cara metade a dizer que nessa noite ela queria ficar em casa da outra avó. Aí fiquei igualmente contente... por 30 segundos! Então, mas então?... Nesse dia eu não a ia ver? Ia estar tanto tempo sem ela? Oh Meu Deus eu sei que isto é inevitável mas, confesso, pensei que dormir fora assim noites seguidas ainda fosse demorar mais uns anitos! A emoção percorria-me, a inquietação era visível até que... o telefone tocou! Era a minha mãe: a pequena não queria lá ficar porque se tinha esquecido da chupeta para dormir. Tive que a ir lá buscar quando saí do trabalho.
Nunca pensei voltar a dizer isto (já que a batalha travada contra a chupeta tem sido árdua) mas nesse dia... abençoada "necessidade" de chupeta! Colmatou a minha "necessidade" da pequena...
Contado por Pai Babado às 17:46
post link | Conta coisas | ver comentários (5) | favorito
|
Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Pérolas

Domingo passado, após mais um dia de trabalho, decidimos presentear a pequena com um tempinho no parque de diversões cá da terra. A alegria foi tanta, causou tanta excitação que até provocou uns trambolhões valentes enquanto ela corria do escorrega para o baloiço ou qualquer outro divertimento.
Claro que com o "motor" a funcionar sempre perto do "red line" a amiga tosse tinha que aparecer! Enquanto subia o escorrega (ao contrário para depois descer de barriga, porque isto de fazer de acordo com as regras e subir pelas escadinhas é para meninos...) lá começou a tossir. E diz:
- A tosse também veio ao escorrega!
Esta miúda tem uma capacidade absolutamente fora do comum para arranjar companhia para brincar...
(Mais pérolas)
Contado por Pai Babado às 09:15
post link | Conta coisas | ver comentários (1) | favorito
|

.Mais sobre mim

.Música de Pai

."Estórias" da História

. Já?!?!?!?!

. Exercício

. Invenções by Pedro (II)

. Invenções by Pedro

. Indiana Jon...er...Pedro

. Adoro...

. Dão-me a volta com uma pi...

. Para o que interessa...

. Ecologias

. Hoje... todos juntos

.Contos Antigos

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

C.N.Escutas
Caleidoscópio
Derivas
blogs SAPO

.subscrever feeds